28/05 2015

SAIBA ESCOLHER O TECIDO IDEAL

 

Para garantir bem-estar, beleza e conforto, aprenda a escolher o tecido ideal e suas finalidades!

 

Ao renovar a sua casa é necessário atenção! Na hora de definir o tecido das cortinas, do sofá, das almofadas, dos jogos de cama ou de qualquer peça que você quer reformar!

 

Cada um deles pode ter várias finalidades, mas apresentaremos as mais comuns para você:

 

 Voil Liso: O Voil é um tecido que se destaca pelo caimento.  Com um toque suave é um dos mais utilizados para cortinas, pode ter várias cores e também ser estampado, é transparente e para quem quer privacidade é preciso utiliza-lo com um forro ou corta-luz (blackout).

 

 

 

Voil Amassado: É um tecido leve, utilizado comumente em cortinas. 

 

 

Renda: É um tecido encorpado com textura delicada, trabalhados à mão ou à máquina. Com linhas entrelaçadas formam belos desenhos e apresentam um estilo mais romântico.

 

 

Corta-luz Tecido: Também é um tecido encorpado e com textura mais grossa. Normalmente em poliéster, tem a função de bloquear a passagem da luz que incide diretamente nas janelas e proporcionar mais conforto e privacidade ao ambiente. Este tecido é ideal para quartos e salas de TV. Alguns destes tecidos são tão elaborados que não exigem o voil para dar acabamento na cortina.

 

      

 

   

 

 

 

Corta-luz PVC: Tecido corta-luz tradicional o mais conhecido como “forro de plástico”. Hoje é encontrando em diversas cores.

 

 

 

Algodão: Por ser uma fibra natural é o mais indicado para os acessórios de berço, pelo fato de não causar alergias ao bebê. Indicado para confecção de mala de maternidade, bandô, edredom, capa de edredom, protetores, lençóis e almofadas do berço.

 

 

 

Anarruga: É o tecido com efeito enrugado ou plissado. Indicado para a produção do enxoval inteiro e fica lindo compondo patchworks.

 

 

 

Brim: Normalmente usado para revestimentos de poltronas, bandô, edredom, capa do edredom. É um tecido grosso em sarja de algodão.

 

 

Jacquard: É um tecido produzido em tear formando desenhos e com relevo, tem como resultado um tecido grosso de padronagem muito complexa e de textura expressiva.

 

 

 

Cambraia: Tecido com um aspecto delicado e elegante. Fino, leve e transparente. Normalmente de algodão ou linho. Costuma aparecer bordado em viras de mantas e também de lençóis.

 

 

Cetim: Tecido brilhante e liso, com toque macio, aparece em cortinas, jogos de cama e em detalhes, como: laços, viés e aplicações.

 

 

Chenille: Tecido comum em sofás, poltronas e almofadas.

 

 

Linho: Tecido muito utilizado na decoração por sua resistência e durabilidade, é formado através de fibra extraída da planta linácea. Por ser uma fibra natural o tecido linho quando de qualidade amassa facilmente.

 

 

 

Gorgurão: Tecido encorpado, de viscose, algodão, seda e outros fios mistos. Apresenta um efeito canelado. Pode ser utilizado tanto em peças maiores como bandôs, cúpulas de abajur e almofadas, quanto em acabamentos, laços, viés e debruns.

 

 

Jeans: O tecido que adoramos vestir é um pesado algodão com fios tintos em índigo, é muito moderno no revestimento de poltronas, ou no edredom, capas ou detalhes das almofadas.

 

 

 

Juta: Nome genérico de vários tecidos produzidos com fios de juta. Utilizado comumente na indústria de sacaria e também nas decorações rústicas.

 

 

Lese: Tecido leve muito feminino e de algodão, com aplicação de bordados. Originário da França, pode ser usado no patchwork, nas almofadas e em ricos detalhes.

 

 

Piquê: É o mais utilizado nos quartos de bebês, sua aparência lembra pequenos losangos. Pode ser aplicado no bandô, cortinas, edredom e capa de edredom.

 

 

Percal: Tecido leve de algodão. Bastante utilizado em lençóis e fronhas, por ser fresco e macio.

 

 

Sarja: Tecido resistente de lã ou algodão. É indicado para vestir poltronas, almofadas, capas de edredom e bandôs.

 

 

Tule: É um tecido fino, leve e muito transparente, indicado para mosquiteiros por sua característica de proteger contra insetos sem comprometer a ventilação.

 

 

Veludo: Tecido de algodão, viscose ou acetato, com pelos curtos. Pode ser usado na poltrona, nas almofadas ou ainda, compor patchworks e barrados.

 

 

Compartilhar:

Deixe o seu comentário

Anterior Próxima

Blog da Bella

Bella Janela

Desde 1993 história da Bella Janela é marcada por pioneirismo e inovação: descubra qualidade, diversidade, criatividade e beleza das cortinas Bella Janela.

Posts populares

Categorias